Show de Dj do RJ é cancelado após suposta ameaça feita pelo PCC em cidade de MS

Artista estava na cidade e não pode se apresentar
| 05/05/2022
- 16:45
Show de Dj do RJ é cancelado após suposta ameaça feita pelo PCC em cidade de MS
DJ foi orientado a não se apresentar (Reprodução, Instagram)

Carnaval fora de época foi marcado por uma suposta ameaça do PCC (Primeiro Comando da Capital) em Corumbá, cidade de fronteira com a Bolívia, a 444 quilômetros de Campo Grande. O DJ FP do Trem Bala que se apresentaria na noite de 22 de abril acabou ficando no hotel, após decisão da organização de preservar os foliões e o artista.

O Midiamax apurou que o DJ chegou ao hotel em Corumbá na noite do dia 22 e seguiria para o bloco por volta das 22 horas. Em vídeos no Instagram, ele esclareceu que o organizador do evento recebeu mensagem com ameaças no celular, para que o artista não fosse colocado no trio elétrico.

A princípio, a informação é de que a ameaça teria partido da facção criminosa PCC. Os suspeitos teriam dito que, se o DJ fosse colocado no trio, “daria problema”. “Culpa não é minha, culpa não é da minha produção, o contratante que recebeu a mensagem”, disse o DJ na rede social.

“Não saí do RJ à toa”, alegou, confirmando que estava no hotel e foi proibido de se apresentar. Em contato com a Polícia Civil de Corumbá, foi esclarecido que, até o momento, não foi registrado boletim de ocorrência pelo fato.

“Como se trata em tese de ameaça, é necessária representação da vítima, sem prejuízo da continuidade dos trabalhos policiais no sentido de identificar pessoas que integram facção criminosa e os crimes por elas cometidos que independem da manifestação da vítima”, disse o delegado Jhonny Garcia Trindade, da 1ª Delegacia de Corumbá.

O Jornal Midiamax tentou contato com a organização do evento, mas não teve resposta até o momento. No Facebok, os responsáveis publicaram nota de esclarecimento um dia após o evento, comunicando que o artista estava na cidade, mas que “a diretoria do bloco optou pela precaução da não realização do por motivos de do artista e de todo o público presente”.

Veja também

Últimas notícias