Servidores do Detran-MS são presos em operação contra transferência ilegal de peças

Servidores já tinham movimentado mais de R$ 220 mil
| 03/05/2022
- 08:55
Servidores do Detran-MS são presos em operação contra transferência ilegal de peças
(Divulgação)

Operação ‘Brutus’ deflagrada pela Polícia Civil, em Nova Alvorada do Sul, a 120 quilômetros de Campo Grande, na manhã desta terça-feira (3), teve como alvo servidores do -MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul). Foram cumpridos quatro mandados de prisão preventiva. Dois servidores foram levados para a delegacia.

A operação teve apoio da Corregedoria de Trânsito do Detran-MS, que também fez o bloqueio de contas judiciais contra os suspeitos, que faziam a venda e transferência ilegal de e peças que estavam apreendidos no pátio do Detran em Nova Alvorada do Sul.

Foi descoberto que um intermediário e um contrabandista eram comparsas dos servidores, conseguindo a liberação dos veículos com o pagamento de propinas. Segundo as investigações, não eram realizadas as inserções dos veículos no sistema devido e, posteriormente, era feita a devolução ao comprador do veículo mediante pagamento de propina e sem o recolhimento dos débitos administrativos existentes.

Também concluiu-se que quando o dono do carro não efetivava o pagamento da propina, os veículos eram "depenados", retirando peças de seu interior, que eram comercializadas a terceiros ou os próprios veículos eram vendidos a terceiros e transferidos mediante inserção de dados falsos

Para justificar o sumiço das peças, os servidores registravam falsos boletins de ocorrência, noticiando furtos. Através de quebras de sigilo bancário, apurou-se que a movimentação do grupo chegou a uma quantia suspeita superior a R$ 220 mil. Eles foram indiciados pela prática de corrupção passiva e ativa, associação criminosa, peculato, inserção de dados falsos em sistema informático e fraude processual.

Detran-MS e operações

A operação foi denominada "Brutus" em referência a Marcus Junius Brutus, filho do imperador romano Júlio César, o qual, ao ser encurralado por seus conspiradores, percebeu que entre eles estava seu filho Brutus, emitindo a célebre frase “Até tu, Brutus?”.

Em 2021 e 2022, foram entregues 48 automóveis ao órgão de trânsito pelas forças policiais, mas somente dois deram entrada no sistema legal.

Veja também

Rapaz é socorrido em estado grave para a Santa Casa

Últimas notícias