‘Quanta maldade ele fez com você’: Amigos lamentam morte de Natalin e pedem justiça

Marido foi preso em flagrante pelo feminicídio
| 07/02/2022
- 22:09
Militar foi preso e encaminhado para a Base Aérea
Amigos lamentam assassinato da jovem - (Reprodução, Facebook)

No Facebook, amigos de Natalin Nara Garcia de Freitas, de 22 anos, lamentam a morte da jovem, segunda vítima de feminicídio em Campo Grande em 2022. “Quanta maldade ele fez com você”, diz uma amiga em publicação. O marido Tamerson Ribeiro Lima, de 31 anos, foi preso em flagrante nesta segunda-feira (7).

“Que a justiça seja feita e esse verme pague pelo o que ele fez com você” (sic), diz uma amiga de Natalin em publicação. “Difícil de acreditar, tantos sonhos...”, relata outra amiga, que estudou com a jovem. “Descanse em paz meu ajo, ainda bem que na nossa última conversa falei que te amava muitão, saudades eternas” (sic), finalizou.

Nas redes sociais

Aproximadamente duas semanas antes de cometer o bárbaro crime contra a esposa, Tamerson publicava no Facebook fotografias com a família. Em viagem para Arraial do Cabo (RJ) com a esposa e a filha, que tem quatro anos, ele publicava “amor”.

Na delegacia, nesta segunda, o 2º sargento da Aeronáutica não quis dar esclarecimentos sobre o crime nem o que teria motivado. Ele responde por feminicídio e ocultação de cadáver e deve passar por audiência de custódia.

Escondeu corpo no carro

militar preso - ‘Quanta maldade ele fez com você’: Amigos lamentam morte de Natalin e pedem justiça
Tamerson foi preso em flagrante (Foto: de França)

Conforme as primeiras informações da polícia, Tamerson teria assassinado a esposa espancada na última sexta-feira (4). Depois, deixou o corpo da jovem no porta-malas do carro, até domingo (6), quando levou a vítima para as margens da Rodovia BR-060, ainda em Campo Grande.

O corpo foi encontrado com várias marcas de agressões, socos e chutes. A jovem estava com os braços e pescoço quebrados. Tamerson foi preso nas proximidades do local do crime por equipe do GOI (Grupo de Operações e Investigações) e levado para a Base Aérea por equipe militar.

Veja também

Últimas notícias