PRF encontrado morto em residencial em Campo Grande já foi PM do Choque no Paraná

Ele estava em Campo Grande há aproximadamente um mês
| 04/02/2022
- 18:41
Equipes policiais estiveram no prédio
Equipes policiais estiveram no prédio - (Foto: Henrique Arakaki, Midiamax)

André Cassiano Messias Valdameri, agente da PRF (Polícia Rodoviária Federal) encontrado morto na manhã desta sexta-feira (4) era recém-formado na instituição. Paranaense, de Cascavel (PR), ele estava em Campo Grande há aproximadamente um mês.

Conforme apurado pelo Midiamax, Valdameri trabalhava antes no estado de origem como soldado policial militar do Choque. Ele era agente graduado em dezembro de 2021 pela PRF. O policial foi encontrado morto nesta sexta, no apartamento localizado na Rua da Paz.

Casos recorrentes 

Esta é a quarta morte registrada nos últimos 15 dias entre agentes de Segurança Pública em Campo Grande. Até o momento, os casos são tratados como suicídio. Pesquisadores indicam que é preciso construção de ações integradas para a prevenção do suicídio entre agentes de segurança pública no Brasil.

Entre elas, uma política de assistência social e mental, que contemple a formação e o treinamento, o incentivo à gestão humanizada, investimento na imagem social e relacionamento institucional, atenção ao policial em situação de risco, melhoria na das unidades e sensibilização de atores estratégicos da Segurança Pública.

No dia 24 de janeiro, a papiloscopista Viviane Jesus de Souza, de 35 anos, foi encontrada morta no quarto de um motel, na rua Rui Barbosa. Ela estava em um dos quartos, sozinha. Outros dois servidores da Segurança Pública de e de Campo Grande foram encontrados mortos no dia 20 de janeiro.

Neiton de Assis Alves Paiva, 38 anos, ex-guarda municipal, foi encontrado em casa. Já o tenente Edison Henrique Yamamoto Thomaz, 31 anos, da Polícia Militar, foi encontrado no quarto de um hotel no Centro, na Avenida Calógeras.

Veja também

Últimas notícias