Polícia

Presidiário diz que sentiu raiva momentânea antes de atacar amigo 'talarico' com facão

O amigo está namorando a ex do acusado

Renata Portela Publicado em 02/01/2022, às 08h46

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

Detido em flagrante no sábado (1º) por tentar matar o melhor amigo com golpe de facão na cabeça, homem de 33 anos relatou para a polícia que sentiu uma ‘raiva momentânea’. O fato aconteceu em uma casa abandonada, na região do Amambaí em Campo Grande.

Segundo o homem, ele cumpre pena em regime aberto, na Casa do Albergado. No entanto, na noite de sexta (31) teria dormido fora passou a virada de ano bebendo. Já na manhã de sábado, foi até a casa abandonada na região central, onde estavam alguns usuários de drogas.

Ele acabou encontrando a ex-namorada com o atual, que ele diz ser o melhor amigo dele. O suspeito chamou o homem de ‘talarico’ e disse para a polícia que ficou com um “sentimento de raiva momentâneo”, quando discutiu com o amigo.

Depois, pegou um facão e deu um golpe na cabeça da vítima, que foi socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Policiais militares em rondas conseguiram encontrar e prender o suspeito em flagrante pela tentativa de homicídio.

Jornal Midiamax