Na noite de terça-feira (7), policial militar de 62 anos foi denunciado, acusado de ameaçar a ex-namorada de 48 anos e a filha dela de 23 anos. Ele teria inclusive apontado a de fogo para a jovem.

Segundo relato das vítimas, o suspeito chegou a casa delas embriagado, fazendo ameaças para a ex-namorada por não aceitar o fim do relacionamento. Ele chegou a apontar a arma para a cabeça da jovem de 23 anos.

Antes de fugir do local, ele teria dito que não adiantaria as vítimas acionarem a polícia, já que não seria preso nem punido. Ele foi denunciado pelo crime de ameaça qualificada por violência doméstica.

O caso foi registrado na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher).