A Operação Paraíso Marcado prendeu até o momento 8 pessoas em flagrante, na manhã desta quinta-feira (15). Entre os alvos da ação, contra crimes de tráfico de drogas e comércio ilegal de arma de fogo, estão policiais militares.

Conforme o (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), ao todo são 52 mandados, de busca e apreensão e prisão temporária. Durante o cumprimento, 8 pessoas já foram presas em flagrante.

Ainda conforme o Gaeco, o objetivo da operação é desmantelar organização criminosa estabelecida há vários anos em e na região. O grupo é especializado no tráfico de drogas, comércio ilegal de armas de fogo e lavagem de dinheiro.

Além disso, a ação contou com apoio da Corregedoria da de Mato Grosso do Sul, também DOF (Departamento de Operações de Fronteira), Batalhão de Choque e Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais).

Com isso, foram cumpridos mandados em Dourados, Bonito, Jardim, Guia Lopes da Laguna, , e Bonito. Com os presos foram apreendidos maconha, de cocaína, joias e dinheiro em espécie.

Também foram apreendidas armas e munições. O nome da operação se refere ao local escolhido pelo líder da organização criminosa para moradia e também como base para estruturação das atividades criminosas, a cidade de Bonito.

O Gaeco ainda apurou que o criminoso tem por costume marcar as propriedades e bens com as iniciais do nome. Nesta manhã, o Midiamax identificou que três policiais militares estariam entre os presos.