Polícia

Pai descobre estupro de filho de 5 anos após criança contar para professora sobre abuso

Vizinho levava criança para plantação de cana-de-açúcar e abusava do garoto

Thatiana Melo Publicado em 10/01/2022, às 11h28

None
(Ilustrativa)

O pai de um menino de 5 anos acabou descobrindo que o filho havia sido estuprado, em uma cidade de Mato Grosso do Sul, após ser chamado na direção da escola. A criança havia contado a uma professora sobre os abusos, que ocorreram em uma plantação de cana-de-açúcar.

O autor dos abusos contra a criança era um vizinho de 17 anos, que confessou ter estuprado o menino por diversas vezes. Foi determinada a internação do adolescente em uma Unei (Unidade Educacional de Internação) pelo prazo de seis meses, em 2021.

Em dezembro de 2021, a defesa pediu pela absolvição por falta de materialidade do fato, em razão do exame pericial ter constatado que a criança não apresentava sinais ou vestígios de prática de ato libidinoso diverso da conjunção carnal. Ainda foi pedido pela desclassificação para ato infracional análogo à contravenção penal de importunação ofensiva ao pudor.

O pai da criança contou ter notado que o filho estava com comportamento estranho, ficando agressivo e indisciplinado. Quando foi chamado na escola, a professora disse que o menino contou que o adolescente o levava para a plantação e o deixava sem roupas.

O menino não teria contado para o pai sobre os abusos, já que havia sido ameaçado pelo autor, ficando com medo. 

Jornal Midiamax