Padrasto preso por abusar de menina de 7 anos ganha liberdade com tornozeleira eletrônica

A menina acordou assustada com o padrasto passando as mãos em suas partes íntimas
| 07/06/2022
- 11:33
Padrasto preso por abusar de menina de 7 anos ganha liberdade com tornozeleira eletrônica
(Ilustrativa)

O homem de 27 anos, por abusar da enteada de 7 anos, em Campo  Grande, acabou ganhando a liberdade nesta terça-feira (7), em audiência de custódia. A menina estava dormindo quando o padrasto passou as mãos em seu corpo.

Ele ganhou a liberdade com medidas cautelares de imediato afastamento da residência, proibição de aproximação da vítima, devendo manter distância mínima de 300 metros e monitoração eletrônica.

O abuso

Informações são de que a criança estava em seu quarto dormindo, quando sentiu algo tocando as suas partes íntimas e acordou assustada. Ela percebeu que era o padrasto. A mãe da menina se levantou e a filha teria dito a ela que não gostava mais do padrasto.

A menina contou para a o que havia ocorrido e a mulher chamou a polícia. A mulher contou que não percebeu mudança de comportamento da filha, nem atitudes suspeitas do autor. Disse ainda que o autor é usuário de cocaína e na noite anterior teria bebido e utilizado drogas. 

No local, a polícia não o encontrou, mas quando estava na delegacia registrando o boletim de ocorrência, a mãe da menina recebeu uma mensagem do homem avisando que estaria em casa, pois teria ido ao centro cortar o cabelo e já tinha retornado. A polícia foi ao local e o prendeu. Ele negou os crimes na delegacia.

Veja também

Marcas de sangue foram encontradas próximas ao carro

Últimas notícias