Padrasto é suspeito de agredir enteado com deficiência em Campo Grande

A agressão teria acontecido na noite desta sexta-feira (11), mas o caso foi registrado na tarde deste sábado
| 12/02/2022
- 19:20
Caso foi registrado e segue sendo investigado pela Delegacia de Polícia Civil.
Caso foi registrado e segue sendo investigado pela Delegacia de Polícia Civil. - Arquivo/Midiamax

Um portador de deficiência mental supostamente foi agredido pelo padrasto. A agressão teria acontecido na noite desta sexta-feira (11), mas o caso foi registrado na tarde deste sábado (12), em Campo Grande.

Conforme o boletim de ocorrência, um homem, o qual já foi casado com a mãe da vítima, procurou a delegacia nesta tarde para registrar a ocorrência. O idoso conta que está separado da mãe do rapaz há mais de 20 anos, mas que ambos possuem uma boa convivência.

A mãe da vítima tem outro companheiro há sete anos. O jovem contou para o comunicante que apanhou do atual padrasto. O suspeito teria usado uma barra de ferro para supostamente desferir golpes na cabeça e no ombro do enteado.

Segundo o registro policial, a mãe e o padrasto da vítima recebem sua aposentadoria mensalmente. Hoje, o rapaz disse que iria embora da residência e o padrasto supostamente falou que ele poderia ir, mas o cartão com o benefício não iria.

O comunicante contou que a vítima faz tratamento no Caps (Centro de Atenção Psicossocial) e também faz uso de vários medicamentos. O caso foi registrado e segue sendo investigado pela Delegacia de Polícia Civil.

Veja também

O atirador teria realizado cerca de seis disparos

Últimas notícias