Operação conjunta da PF (Polícia Federal) e PRF (Polícia Rodoviária Federal), apreendeu na manhã deste domingo (20) a carreta utilizada por um grupo de manifestantes que montou barricada de pneus e ateou fogo, na tarde dessa sexta-feira (18), no Trevo Bandeira, em Dourados, a 200 quilômetros da Capital. Um Fiat Uno ficou totalmente destruído após o motorista tentar passar pelo local.

Por volta das 5h deste domingo, os policiais localizaram a carreta no Bairro Jardim Márcia, nas proximidades da Mão do Braz, na entrada de Dourados. O motorista não foi localizado no imóvel, apenas uma mulher, que seria sua acompanhante, mas ela não foi levada pelos agentes. Também foram apreendidos restos de pneu e um galão usado para armazenamento de combustível.

O inspetor-chefe da PRF de Dourados, Waldir Brasil, durante entrevista na sexta-feira, classificou o ato como vandalismo, já que não eram feitas manifestações no local, no momento em que atearam fogo.

Galão de combustível foi apreendido na residência (Foto: Divulgação/ Leandro Holsbach)

Caminhoneiros jogaram pneus e atearam fogo

Conforme apurado pela reportagem do Midiamax no local, o grupo parou com caminhões, descarregou pneus e armou a barricada. Em seguida, o amontoado foi incendiado, causando bloqueio no trecho por alguns minutos.
O motorista de um Fiat Uno tentou atravessar as chamas, mas o pneu acabou derretendo, grudando nos demais pneus e o veículo ficou preso nas chamas, sendo destruído. O motorista desceu do carro a tempo e saiu do local.