Juíza aceita denúncia contra mulheres que levavam cocaína em almofadas e urso de pelúcia

Mulheres foram flagradas em ônibus durante fiscalização em Terenos e confessaram que levavam cocaína da Bolívia para SP
| 20/05/2022
- 14:16
Mulheres levavam cocaína até em urso de pelúcia
Mulheres levavam cocaína até em urso de pelúcia. (Imagem ilustrativa)

Decisão da juíza Júlia Cavalcanti da Silva Barbosa, da 3ª Vara Federal de Campo Grande, transformou em rés duas que, em 15 de abril deste ano, foram presas em Terenos, a 28 quilômetros de Campo Grande. Elas levavam cocaína escondida em almofadas, enxoval e até em um urso de pelúcia. A carga pesou pouco mais de 3 kg.

Segundo a denúncia do MPF (Ministério Público Federal), com base em material da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal, um ônibus que seguia de Corumbá para São Paulo foi parado para fiscalização na BR-262, no posto da PRF de Terenos.

Em entrevista preliminar, as suspeitas “apresentaram nervosismo excessivo e informações desconexas acerca da viagem”, narra a acusação. Foi feita vistoria nas bagagens de ambas e, em uma delas, foram localizados 2,135 kg de cocaína em almofadas.

Mulheres confessaram que levavam cocaína da Bolívia para SP

Na bagagem de mão da outra suspeita, havia 3,19 kg de cocaína, escondidos em almofada, peça de enxoval e até em um urso de pelúcia. Questionadas, elas confessaram que levavam cocaína de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, até São Paulo.

A denúncia foi aceita em 6 de maio deste ano e, conforme publicação nesta sexta-feira (20) no Diário de , teve o recebimento confirmado, com marcação de audiência de instrução para 10 de junho. As suspeitas se encontram presas no Instituto Penal Feminino Irmã Irma Zorzi, em Campo Grande.

Veja também

Últimas notícias