Um jovem de 23 anos, identificado como Wellington Maris Coxev, foi morto por lesão corporal por faca na região do Nova Lima, em Campo Grande, na madrugada deste sábado (29). A mulher da vítima, que está presa, assumiu autoria do crime e detalhou à polícia que teria se defendido de agressões.

De acordo com o boletim de ocorrência, inicialmente, a esposa da vítima relatou que o homem chegou em casa na Travessa Pracuí, no bairro Colúmbia, já esfaqueado na região do abdômen durante a madrugada. Ela pediu ajuda de um tio para levá-lo até à unidade de saúde.

Todavia, após cumprir diligências, investigadores da polícia foram informados pelo pai da vítima de que os ferimentos teriam sido causados pela mulher de Wellington. A suspeita foi localizada na casa da mãe e afirmou à polícia que os ferimentos ocorreram, de fato, durante uma briga, na qual ela havia sido agredida pela vítima com xingamentos e tapas no rosto.

A autora também afirma que, em determinado momento, Wellington pegou uma faca de cozinha e partiu em direção a ela. Para se defender, ela também pegou uma faca e, no momento em que a vítima teria se aproximado, a suspeita teria desferido o golpe no tórax.

Ao notar o convivente lesionado no chão e ainda com sinais vitais, teria acionado vizinhos para ajudá-la a levá-lo até o CRS (Centro Regional de Saúde) Nova Bahia com perfuração no abdômen e tórax em situação grave. Todavia, perdeu muito sangue e mesmo com as tentativas de reanimação, Wellington veio a óbito.

O boletim de ocorrência não detalha quantos golpes de faca atingiram o homem. A autora foi presa e levada para a Depac Centro. Ela será ouvida agora pela manhã pelo delegado de plantão. A esposa irá passar por audiência de custódia na segunda-feira.

*Atualizada às 9h para acréscimo de informações