Na manhã deste sábado (4), homem de 27 anos foi socorrido após conseguir fugir de um tribunal do crime do PCC (Primeiro Comando da Capital). Ele contou que foi sequestrado por causa de uma dívida de R$ 2 mil com a facção.

Polícia Militar foi acionada por um morador do Jardim Monumento, alegando que o homem tinha entrado na varanda da casa dele pedindo socorro, com fortes dores no abdômen. Os militares foram ao local e não identificaram ferimentos de facada ou tiro na vítima.

O homem então contou que saiu do presídio recentemente e está devendo R$ 2 mil ao PCC, por causa da compra de drogas. Neste sábado, ele estava bebendo em um bar quando foi sequestrado por um integrante da facção.

O suspeito estava de moto e obrigou o homem a subir na motocicleta, sendo levado até uma casa onde seria julgado no tribunal do crime. No entanto, em determinado momento a moto reduziu a velocidade e o homem conseguiu pular e fugir.

A vítima foi levada para o posto de saúde e o caso registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol como sequestro e cárcere privado e constrangimento ilegal.