Guarda-municipal aponta arma para a esposa ao não aceitar separação e mulher procura delegacia

Vítima pediu medidas protetivas contra o autor
| 20/02/2022
- 10:31
Guarda-municipal aponta arma para a esposa ao não aceitar separação e mulher procura delegacia
(Henrique Arakaki, Midiamax)

Uma mulher de 40 anos, procurou a (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) durante a madrugada deste domingo (20), após ser ameaçada pelo marido, um guarda-municipal, de 35 anos, em Campo Grande.

Ela contou na delegacia que está em processo de separação há pelo menos 1 mês do agente, que não aceita. O casal estava junto há três anos. Nesse sábado (19), a mulher contou que o guarda foi buscá-la no trabalho e a vítima  percebeu que ele estava bêbado. Quando chegaram a residência, a mulher então pediu para que ele fosse dormir na casa de sua mãe, mas o homem se alterou.

Ainda segundo a vítima, o guarda-municipal retirou de sua cintura arma funcional e apontou para ela mandando-a que fosse para o quarto. A mulher pediu ajuda a filha que ligou para o cunhado da mãe. O irmão do autor o convenceu a deixar a casa.

Mas, antes de sair o agente fez ameaças a mulher dizendo que o que ela fez não ficaria assim. Com medo, a vítima foi até a delegacia e pediu medidas protetivas contra o autor, além da retirada da arma da posse do agente. Ela ainda revelou que as ameaças feitas por ele estão constantes. 

Veja também

Apesar do resgate, vítima não conseguiu resistir aos ferimentos

Últimas notícias