Fuzileiros navais do Brasil executam operação de combate a crimes transnacionais na fronteira de MS

“Ágata Arco Sur” é realizada pela Marinha com apoio da PRF, PF e outras forças militares
| 30/05/2022
- 06:31
Fuzileiros navais do Brasil executam operação de combate a crimes transnacionais na fronteira de MS
Ação envolve 2.500 militares do Brasil (Foto: Divulgação)

De olho em crimes transnacionais, como contrabando, tráfico de drogas e armas, a do Brasil, com apoio da PRF (Polícia Rodoviária Federal), PF (Polícia Federal), PM (Polícia Militar), e fiscais da Receita Federal deflagram a Operação “Ágata Arco Sur”.

A ação acontece em Foz do Iguaçu, na fronteira com a Cidade Del Este, principalmente na região do Lago de Itaipu, fronteira natural entre Brasil e Paraguai, que é considerada a principal rota fluvial de contrabandistas e traficantes de drogas.

A operação visa à prisão de traficantes e contrabandistas e apreensão de mercadorias que entram no Brasil sem registros fiscais. Além de Foz de Iguaçu, os controles são realizados em outros pontos da fronteira brasileira. Ao todo, 2.500 militares participam da Operação “Ágata Arco Sur” e permanecem na região por tempo indeterminado.

Agata Sur operacao 3. - Fuzileiros navais do Brasil executam operação de combate a crimes transnacionais na fronteira de MS

Veja também

Apesar do resgate, vítima não conseguiu resistir aos ferimentos

Últimas notícias