Polícia

Em ‘sono profundo’, jovem não vê quando ladrão furta pertences e deixa bolsa na calçada

Vítima diz que suspeito invadiu a casa enquanto ela dormia e não escutou nenhum ‘barulho estranho’

Graziela Rezende Publicado em 02/01/2022, às 17h32

Jovem foi até a Depac denunciar furto na casa dela, em Campo Grande
Jovem foi até a Depac denunciar furto na casa dela, em Campo Grande - Polícia Civil/Divulgação

Uma jovem de 23 anos foi até a delegacia, na tarde deste domingo (2), para denunciar o furto de uma bolsa, na rua Nove de Julho, Vila Piratininga, em Campo Grande. A vítima disse que estava em um “sono profundo” e não presenciou o momento em que o suspeito invadiu a casa dela.

Conforme o boletim de ocorrência, registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, a vítima disse que acordou por volta das 13h30. Em seguida, percebeu que o portão e a porta de entrada do imóvel estavam abertos. 

Logo depois, constatou que não haviam sinais de arrombamento, porém, sentiu falta de objetos e verificou que a bolsa dela estava no meio da rua. No depoimento, a jovem ainda disse que não escutou nenhum barulho estranho. 

O caso foi registrado como furto e deve ser investigado. A pena para este crime varia de um a quatro anos de prisão e multa.

Jornal Midiamax