Dois são presos e autuados em R$ 51 mil por contrabando de agrotóxico em MS

Policiais ambientais de Mundo Novo foram acionados pela Polícia Militar de para proceder a autuação
| 22/01/2022
- 01:51
Divulgação
Divulgação, PMA

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou em R$ 51 mil, dois paulistas presos pela Polícia Militar de Tacuru, cidade a 420 quilômetros de Campo Grande, por contrabando de agrotóxicos.

Policiais ambientais de Mundo Novo foram acionados pela Polícia Militar de para proceder a autuação administrativa (multa ambiental), a dois paulistas com uma carga ilegal de 510 kg de agrotóxicos, transportada com nota fiscal de ração para aves, na tarde desta quinta-feira (20). O material foi apreendido.

De acordo com a polícia, o motorista abordado em Tacuru, que transportava o agrotóxico, com os documentos fiscais como se a carga fosse de ração para aves, informou que o proprietário do material era um homem que reside em Sete Quedas e que o transporte seria até a cidade de Cristalina (GO).

O motorista de 43 anos e o passageiro 58. foram encaminhados pela Polícia Militar para a Delegacia de Polícia Civil de Tacuru, juntamente com o material apreendido. Eles foram autuados administrativamente e foi multada em R$ 25.500,00 cada um. Os responsáveis pela carga poderão responder por crime ambiental de transporte ilegal de produto perigoso.

Veja também

Magistrado alegou suspeição em processo de advogado após ser arrolado como testemunha

Últimas notícias