Rapaz é preso após tentar dar golpe do PIX para abastecer carro em Campo Grande

Ele já teria dado golpe semelhante dias antes
| 09/06/2022
- 14:19
Rapaz é preso após tentar dar golpe do PIX para abastecer carro em Campo Grande
Divulgação, GCM

Nesta quarta-feira (8), rapaz de 22 anos foi preso em por uma série de crimes, após tentar dar golpe para abastecer o carro em um posto na Chácara das Mansões, em Campo Grande. Ele revelou que mora em e viaja para a Capital para trazer ‘muamba’.

Segundo informações do boletim de ocorrência, funcionários do posto acionaram a GCM (Guarda Civil Metropolitana) e o responsável informou que o rapaz teria passado dois PIX referentes ao abastecimento do carro. No entanto, dias antes, o rapaz teria abastecido o mesmo veículo, mas a transferência bancária não caiu.

O responsável do posto ainda relatou que o rapaz teria tentado novamente passar o PIX, mas foi barrado. Assim, o suspeito teria solicitado ao suposto patrão para fazer a transferência bancária do valor, mas os comprovantes enviados para as vítimas estavam no nome dele, não de tal patrão.

Com as suspeitas, a Guarda foi acionada. O rapaz estava bastante nervoso e contou que tinha acabado de entregar ‘muamba’ em Campo Grande e voltaria para Dourados. O responsável pelo posto disse que não daria queixa do rapaz caso ele pagasse o valor que devia, quando ele entrou em contato novamente com o suposto patrão.

Porém, os guardas ouviram o rapaz dizer que precisava de R$ 350, porque os agentes estariam pedindo tal valor para que ele fosse liberado, tentando enganar o patrão. Ele ainda chegou a chamar os guardas de “rebanho safado”, quando foi dada voz de prisão por desacato.

Foi constatado que os comprovantes repassados ao posto eram falsos, feitos por um amigo. O rapaz foi detido por estelionato, desacato, calúnia e contrabando e encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol.

Contou como dava o golpe

Em interrogatório, o rapaz confessou a prática do crime e disse que, quando chegava no posto, dizia que pagaria por PIX o abastecimento. Então, fazia a transferência usando o método de agendamento, sempre colocando a data para o dia 10. No dia 4 de junho ele já teria feito isso, abastecendo R$ 200.

Nesta quarta, abasteceu R$ 150, também agendando o pagamento. Porém, quando voltou ao posto para abastecer da mesma forma, acabou detido.

Veja também

A Polícia Federal e Receita Federal apreederam 25 toneladas de peróxido de hidrogênio que, segundo...

Últimas notícias