Polícia

Com risco de ataque de onça, PRF irá sobrevoar local em que idosa desapareceu em MS

Já foram percorridos mais de 140 quilômetros em busca da idosa

Thatiana Melo Publicado em 13/01/2022, às 10h55

None
(Reprodução)

As buscas feitas pelo Corpo de Bombeiros atrás da idosa de 62 anos, Tânia Bonamigo, já entrou no seu quinto dia e mais de 30 militares já percorreram cerca de 140 quilômetros de área atrás da vítima, que desapareceu, no domingo (9), em uma trilha em São Gabriel do Oeste. 

Segundo informações do Major Fábio do Corpo de Bombeiros, especialistas em buscas terrestres e buscas em alturas foram convocados para ajudar a tentar encontrar a idosa, além do uso de drones e cães.

Ainda segundo o major, um helicóptero da Casa Militar foi disponibilizado, assim como uma aeronave da PRF (Polícia Rodoviária Federal) que fará um sobrevoo na tarde desta quinta-feira (13), na região. 

Segundo o militar a região conta com muitos animais, como cobras e possível presença de onças. Desde a quarta-feira (12), a área de busca foi ampliada em mais 500 metros e, segundo informações, as buscas continuam até Tânia ser encontrada.

A idosa desapareceu no domingo (9), quando fazia uma trilha na região da cachoeira Los Pagos, no balneário buracão. Tânia estava com um grupo de 10 pessoas, e teria se atrasado no percurso, acabou ficando para trás e não foi mais vista.

Jornal Midiamax