Após ‘farra’ de R$ 12 mil em zona de MS, cliente ainda não pagou conta e segue preso

Ele também foi autuado por porte ilegal de arma e ameaça
| 14/02/2022
- 13:35
Caso foi registrado na Depac de Dourados
Caso foi registrado na Depac de Dourados - Marcos Morandi

O homem, de 28 anos, que foi preso pela Polícia Militar na madrugada deste domingo (13), por porte ilegal de arma de fogo e ameaça permanece preso em Dourados, segundo informações apuradas pelo Midiamax. Ele estava em uma zona, na BR-463, e se negou a pagar a conta de R$ 12 mil.

Conforme o boletim de ocorrência, a gerente do local contou que o homem chegou à zona na tarde de sábado (12), consumiu bebida alcoólica e, à noite, levou duas garotas de programa para o motel. Passado um certo tempo, a mulher entrou em contato com o rapaz, pedindo que ele retornasse.

Assim que ele retornou para a zona, recebeu a conta no valor de R$ 12 mil, então, ele questionou o valor e disse que não tinha dinheiro para pagar e que deixaria seu carro, um HB-20 como garantia. Ele ficou nervoso com a situação, se trancou no quarto com as duas garotas e começou a fazer ameaças com um revólver.

A polícia foi acionada e após negociação entre o autor e os agentes, ele se entregou e recebeu voz de prisão. O homem foi encaminhado para a delegacia de polícia, onde foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e ameaça.

Veja também

Medida foi adotada a partir de denúncias da população

Últimas notícias