Casal testemunhou estupro e assassinato de mulher encontrada em construção

Um dos autores disse que tinha intenção de fazer programas com a vítima
| 08/04/2022
- 06:43
Casal testemunhou estupro e assassinato de mulher encontrada em construção
(Reprodução)

O crime de estupro e homicídio contra Suara Albuquerque Côrrea da Silva, de 40 anos, foi testemunhado por um que acionou a polícia por meio de denúncias, nessa quinta-feira (7), em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande. 

Suara foi encontrada em uma construção com vários hematomas e ferimentos no braço, que podem indicar tentativa de se defender. Um homem conhecido como ‘Boiadeiro’ foi preso a 150 metros do local do crime. Ele negou que tenha estuprado e assassinado Suara, confessando apenas, que estava com ela e mais outro comparsa na construção.

‘Boiadeiro’ revelou que estava com Suara e o comparsa no local usado por usuários de drogas, e que tinha a intenção de fazer um programa sexual com a vítima, mas que acabaram se desentendendo e brigando, sendo que o outro homem o teria agredido e ele deixado a construção. Ainda segundo ele, ao voltar para o local momentos depois acabou encontrando Suara morta. Com ele, os policiais localizaram o celular da vítima escondido dentro de sua cueca.

Quando o comparsa foi localizado, negou o crime dizendo que havia dormido, com sua até as 5 horas da manhã de quinta (7), acordando e indo até uma padaria, depois teria ido procurar latinhas quando foi abordado e preso pela polícia. 

O marido de Suara foi procurado pela polícia e contou que estava dormindo quando a mulher saiu de madrugada, e ele teria achado que Suara havia saído para catar latinhas, já que mexiam com materiais recicláveis. Um dos homens presos seria suspeito de tentar estuprar uma mulher nas proximidades, no fim de semana. 

Veja também

Um homem foi baleado na noite desta sexta-feira (01) na Rua Bento de Souza, na...

Últimas notícias