Bombeiros suspendem buscas por idoso que desapareceu há 14 dias em cidade de MS

Ele sofre de Alzheimer e Parkinson
| 10/05/2022
- 16:33
Bombeiros suspendem buscas por idoso que desapareceu há 14 dias em cidade de MS
João está desaparecido desde o dia 27 (Reprodução, Nova News)

Após 14 dias de buscas, suspendeu as buscas por João Paioli, de 77 anos, que está desaparecido desde o dia 27 de abril em Ivinhema, cidade a 291 quilômetros de Campo Grande. Ao todo, os militares buscaram o por um raio de 8 quilômetros, mas não encontraram qualquer vestígio.

De acordo com os bombeiros, foi utilizada toda estrutura nas buscas pelo idoso. Inicialmente, participavam equipes de 6 militares por dia, além de 30 a 40 voluntários, entre familiares e amigos de João Paioli.

A busca minuciosa foi feita desde o ponto onde o idoso foi visto pela última vez e, depois, o raio foi estendido, até um total de 8 quilômetros de raio de buscas. Conforme o Corpo de Bombeiros, estudos mostram que 100% das vítimas desaparecidas, acometidas das doenças que João tem – Alzheimer e Parkinson – são encontradas neste raio de 8 quilômetros.

Foram utilizados drones, canil dos bombeiros, lanchas para buscas no Rio Ivinhema, aeronave dos bombeiros e o helicóptero da Casa Militar. No entanto, nenhum vestígio foi encontrado e, assim, as buscas foram suspensas.

Para os bombeiros, algo diferente pode ter acontecido, como por exemplo o idoso ter pegado uma carona e saído daquela região. Portanto, é aguardada evidência de confirmação de que alguém tenha visto ele em algum local, para novas buscas.

Veja também

Vítima foi perseguida por quatro pessoas em duas motos antes de ser morto

Últimas notícias