O assassino de Adilson Manoel Pinto, 42, conhecido como “Pelicano”, havia sido demitido há poucos dias do mercado, lugar onde a vítima foi morta com 17 facadas, na noite dessa terça-feira (10), em Naviraí, a 367 quilômetros de Campo Grande.

O autor mora na mesma rua do mercado de onde havia sido demitido, segundo o site Tá Na Mídia Naviraí. A polícia está a sua procura já que depois do crime, ele fugiu e não foi localizado. Imagens de câmeras de segurança mostraram o momento do assassinato.

Adilson, que inclusive tem uma das pernas amputadas, estava conversando em frente ao mercado com o autor. Momento em que o autor está bebendo algo e deixa o copo em cima da mesa, pega uma faca na cintura e efetua um golpe contra o abdômen da vítima.

A vítima cai ao solo e é esfaqueada por mais de 17 vezes. O Corpo de Bombeiros foi acionado, porém ele morreu no local