Rapaz que torturou e matou gata em MS é localizado e preso pelo SIG

Caso aconteceu em Dourados no último sábado
| 21/02/2022
- 15:01
Acusado foi levado para prestar depoimento
Acusado foi levado para prestar depoimento - Cido Costa

O rapaz que torturou  e matou uma gata de 2 anos, neste sábado em Dourados, cidade distante 225 quilômetros de Campo Grande, foi preso na manhã desta segunda-feira (21) pelos agentes do SIG (Setor de Investigações Gerais). Ele é morador do Jardim Europa, área nobre da cidade.

Conforme relato de testemunha que denunciou o fato, o felino foi torturado por cerca de 3 minutos. O animal teria sido encontrado na rua pelo jovem que passou a jogar o animal para o alto e apertá-lo a cada queda.

Segundo um médico, morador nas imediações do local onde ocorreu o crime, ele encontrou o gato morto em frente da casa, com várias marcas de ferimento pelo corpo. Ele conseguiu localizar o dono do bicho através do número de telefone que estava na coleira da gata.

A gatinha de cor preta e branca, tinha dois anos e foi encontrada morta com diversas fraturas no corpo na frente de uma residência no Jardim Europa. O morador ao ver o animal ligou para o tutor do felino, a qual o número de telefone estava inserido na coleira da gatinha.

O dono do animal também morador no Jardim Europa foi até o local e reconheceu se tratar da gata ‘xispita’. O homem passou as imagens das câmaras de segurança da frente da casa onde o agressor deixou o animal morto.

Veja também

Foto mostra perfuração de disparo de arma de fogo contra helicóptero da Casa Militar, do...

Últimas notícias