Ao chegar de festa, servente de pedreiro é atacado e tem casa invadida por vizinho

Irmão do autor, de 14 anos, foi atingido com pedrada na perna ao tentar separar agressões
| 12/02/2022
- 12:01
Ao chegar de festa, servente de pedreiro é atacado e tem casa invadida por vizinho
(Foto: Henrique Arakaki - Jornal Midiamax)

Servente de pedreiro, de 42 anos, foi atacado e ameaçado com faca por seu vizinho, de 18 anos, ao chegar de uma festa na madrugada deste sábado (12), no Bairro Nova Lima, em Campo Grande. Ele teve a residência invadida, e o irmão do autor, de 14 anos, ficou ferido ao tentar separar as agressões.

Conforme explicado pela vítima, ele estava de carona com um amigo e chegava em sua residência localizada na Rua Botafogo, por volta das 3h20. O vizinho, de 18 anos, estava na rua, aparentemente embriagado, e começou a bater no veículo em que o servente de pedreiro estava.
Quando foi questionar o autor, ele alega ter sido atacado, momento em que pegou uma pedra e atirou em direção ao jovem. Em seguida, a vítima entrou em sua residência, mas o autor teria retornado com uma faca e invadido o imóvel.

Contudo, o irmão do autor, um adolescente de 14 anos, viu que ele estava com a faca e tentou intervir. O servente jogou outra pedra em direção ao autor, mas acabou atingindo a perna do adolescente. Em seguida, ele confessou ter pego um pedaço de madeira e atingido o autor na cabeça.
A Polícia Militar e o foram acionados, e o autor de 18 anos precisou ser encaminhado para a UBS (Unidade Básica de Saúde) Coronel Antonino, onde fez um curativo na cabeça devido ao ferimento.

[Colocar ALT]
Servente de pedreiro diz estar com medo de voltar para casa. (Foto: Henrique Arakaki - )

Em relato ao Jornal Midiamax na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, onde o boletim de ocorrência foi registrado, a vítima explicou que tem amizade com o pai do jovem e é a primeira vez que vai até uma delegacia. Ele afirmou não saber o motivo das agressões, mas acredita que o jovem estava sob efeito de álcool.

"Agora tenho medo de ficar na minha casa e ele retornar para se vingar", desabafa. Após receber atendimento médico, o autor foi conduzido até a delegacia e liberado. Ele vai responder por ameaça, desacato - pois ainda teria desrespeitado os policiais militares que foram até o local -, lesão corporal e violação de domicílio.

Veja também

Corpo da vítima estava totalmente carbonizado

Últimas notícias