Duas garotas de programa de 19 e 32 anos foram perseguidas durante a madrugada desta quarta-feira (6), pelas ruas do Bairro Monte Castelo, em Campo Grande, por um que havia contratado os serviços das meninas.

As garotas contaram que foram contratadas por um site, através de anúncios, pelo advogado que as chamou para ir até o escritório dele, por volta das 2h30 da madrugada. Chegando lá, ao ser cobrado o pagamento, ele passou a se alterar.

O advogado disse que já havia feito um pix nos valores de R$ 760 e R$ 80 na conta das garotas, mas elas afirmaram que o dinheiro não havia sido creditado. O homem, então, falou que iria sacar os valores, mas elas perceberam que o advogado estava usando de má-fé.

Ainda segundo as vítimas, ele pediu para que elas ficassem mais uma hora do combinado e que pagaria o valor excedente. Quando as garotas foram cobrar, o advogado sacou uma e passou a perseguir as vítimas pelas ruas.