Polícia

Adolescente envolvido em roubo de carro que terminou com morte de assaltante vai para Unei

Ele contou detalhes do crime na delegacia

Renata Portela e Danielle Errobidarte Publicado em 03/01/2022, às 10h56

Dupla estava no Ford Ka roubado
Dupla estava no Ford Ka roubado - (Divulgação)

Foi encaminhado para internação na Unei (Unidade Educacional de Internação) o adolescente de 17 anos, envolvido no roubo de um carro que terminou com perseguição e morte de um homem na BR-163. O caso aconteceu no dia 30 de dezembro e o suspeito morto em troca de tiros segue sem identificação.

Conforme a delegada Daniela Kades, da Deaij (Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude), há informação de que o suspeito morto no confronto quebrou a tornozeleira eletrônica que usava no período do Natal. Com isso, foi solicitada informação dos presos que quebraram o monitoramento, para tentativa de identificação.

O adolescente de 17 anos, que já foi encaminhado para a Unei, relatou que conhecia o homemhá aproximadamente dois meses pelo apelido de Balbino Baiano. No registro é apontado que ele teria aproximadamente 36 anos, mas como não portava documentos e nenhum familiar procurou a delegacia, não foi feita a identificação oficial.

No depoimento, o jovem contou que eles estavam no Tiradentes e foram até o Parque das Nações para usarem drogas. No caminho de volta para o bairro, Balbino disse que faria ‘uma fita’. Foi então que ele roubou o Ford Ka de uma mulher, na Chácara Cachoeira. O adolescente alegou que não sabia que o suspeito estava armado.

Assalto e fuga

A vítima do roubo contou que o homem armado a abordou e exigiu o Ford Ka, dizendo para ela passar o carro, caso contrário a mataria. Ela entregou o veículo e Balbino então pegou o adolescente, que estava do outro lado da rua, na esquina, e não teria participado ativamente do roubo.

Os dois deram uma volta pela cidade, mas quando passavam pela Avenida Zahran a dupla se assustou ao ver uma viatura da Polícia Militar. Foi então que teve início a fuga. Balbino dirigiu em direção à BR-163 e foram acionadas outras equipes policiais. Uma viatura de Anhanduí que seguia na direção contrária tentou parar o carro, mas o motorista continuou a fuga.

Foram feitos disparos contra o veículo, mas mesmo assim Balbino só parou quando perdeu o controle da direção e saiu da pista. Os suspeitos fugiram cada um para um lado, quando houve a troca de tiros. O adolescente relatou que correu dos guardas e tentou se esconder no galpão, mas acabou apreendido.

Balbino teria tentado atirar contra os policiais militares, mas o tiro falhou. Os policiais revidaram e atingiram o homem, que ainda foi socorrido, mas não resistiu. Com sete passagens por tráfico de drogas, o adolescente ainda contou que tinha saído da Unei há aproximadamente um mês.

Jornal Midiamax