Adolescente mandou áudio após desaparecer em Campo Grande e pediu para família não chamar a polícia

Família teme que menina tenha sido aliciada e levada para outra cidade
| 30/04/2022
- 11:00
Adolescente Victoria Santos Barino desapareceu na região central de Campo Grande nesta quinta-feira (28) - (Foto: reprodução)
Adolescente Victoria Santos Barino desapareceu na região central de Campo Grande na quinta-feira (28) - (Foto: Reprodução)

Segue desaparecida a Victoria Santos Barino, de 13 anos, vista pela última vez na quinta-feira (28), em Campo Grande. No entanto, na noite de quinta, ela teria enviado um áudio a uma amiga por meio do WhatsApp, dizendo que estava bem e pedido para que a não chamasse a polícia.

A tia Silvana da Silva Barino, de 39 anos, acredita que a sobrinha tenha sido levada para fora da cidade. “No fundo do áudio dava para ouvir barulho de carros, como se estivesse em uma rodovia, por isso acreditamos que talvez ela nem esteja mais em Campo Grande”, explicou.

Conforme já noticiado, na data do sumiço, Victoria saiu do trabalho da avó na Rua 13 de Junho, para ir à escola. Contudo, por volta das 17 horas, a avó foi buscá-la na escola, ocasião em que foi informada que a garota sequer havia comparecido às aulas naquele dia.

A família tentou localizá-la, mas sem sucesso, motivo pelo qual registrou boletim de ocorrência na Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente). Além disso, parentes continuam procurando-a por conta própria. “Estamos fazendo buscas e seguindo as pistas. Recebemos uma ligação de que viram ela perto da UFMS. A família foi ao local, andamos tudo por lá, pela região do Universitário, Vila Piratininga, mas nada”.

Adolescente e aliciada

A tia teme que a menina tenha sido aliciada, justamente porque no áudio, a garota pede que a polícia não seja informada. Silvana suspeita que tal declaração possa ter sido dada sob coação de outra pessoa. “A cada dia que passa, fica pior. Só piora ainda mais essa angústia, é um sentimento de dor por não saber onde ela está, com quem está”, explicou.

Quem tiver alguma informação sobre o paradeiro de Victoria, pode entrar em contato pelo telefone 67 98129-5791 ou acionar a polícia pelo 190.

Veja também

Últimas notícias