Polícia

Tio é preso ao bater na irmã que ameaçava cortar cabeça do filho de 8 anos em Campo Grande

Mãe chamaria menino de 'demônio', segundo o rapaz

Thatiana Melo e Dayene Paz Publicado em 28/04/2021, às 09h39

None
(Henrique Arakaki, Midiamax)

Ao tentar defender o sobrinho de 8 anos das agressões da mãe de 25 anos, um rapaz de 18 anos acabou preso na noite desta terça-feira (27), em Campo Grande, ao bater na irmã. A mulher dizia que iria arrancar a cabeça do filho com uma faca.

O rapaz foi preso por volta das 18h30 da noite desta terça (27), e na delegacia ele confessou que agrediu a sua irmã, mãe de seu sobrinho, quando viu a mulher batendo no menino com agressividade. Ele teria tentado conversar com ela, mas a mulher teria respondido que o filho era dela e fazia o que quisesse.

Nisso, o rapaz desferiu socos contra a mulher que caiu sofrendo um corte na cabeça. Ela foi socorrida para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Coronel Antonino. Para a delegada, o jovem disse que constantemente, a irmã agride o sobrinho de forma violenta e que não suportava mais presenciar as agressões e não fazer nada.

Ele ainda disse que por diversas vezes, a irmã chamava o filho de demônio, capeta e que iria arrancar a cabeça da criança. O rapaz acabou preso em flagrante por lesão corporal dolosa e o suposto caso de maus-tratos da mãe contra a criança será encaminhado para a Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente).

Jornal Midiamax