Polícia

Suspeitos fogem de abordagem e trocam tiros com equipe da PMA em Mundo Novo

Infrator preso havia saído há pouco da cadeia

Fábio Oruê Publicado em 12/06/2021, às 12h11 - Atualizado às 12h12

Um dos infratores foi preso e o outro conseguiu fugir
Um dos infratores foi preso e o outro conseguiu fugir - Foto: Divulgação/ PMA

Policiais da PMA (Polícia Militar Ambiental) de Mundo Novo, durante deslocamento de fiscalização, decidiram abordar dois homens que estavam em atitude suspeita em uma motoneta paraguaia sem placas, por volta de 18h30 de sexta-feira (11). 

De acordo com a corporação, assim que viram que seriam abordados, o condutor da moto iniciou fuga e o garupa começou a atirar nos policiais que iniciaram a perseguição.

Como havia pouca gente na rua foi possível se fazer o revide aos tiros e, com isso, os bandidos abandonaram a motoc e fugiram pulando muros pelas residências do bairro.

Durante a perseguição os policiais conseguiram prender o condutor da motocicleta, que havia abandonado um revólver marca Taurus calibre 38, carregado com seis munições no quintal de uma residência. O infrator afirmou que estava com um homem conhecido como “Polaco” e ambos estavam na região para praticar assaltos.

A PMA acionou a PM (Polícia Militar) para tentar prender o outro assaltante, porém, não houve êxito. A arma, munições e a motoneta foram apreendidas.

Na parte interna do veículo estava sua placa, que era do Paraguai. O bandido, de 29 anos, recebeu voz de prisão e foi conduzido à delegacia de Polícia Civil da cidade, juntamente com o material apreendido, onde ele foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma.

A pena para o crime é de dois a quatro anos de reclusão. O infrator havia saído há pouco da cadeia, onde havia cumprido pena por tráfico de drogas. Ele ainda tinha passagens policiais por violência doméstica.

Jornal Midiamax