Polícia

Sem receber resgate, mais um sequestrador de brasileira é preso no Paraguai

Após rastreamento de ligações, polícia paraguaia conseguiu localizar Joel Andrés Gaona Ferreira

Marcos Morandi Publicado em 04/10/2021, às 11h13

Brasileira foi resgatada na tarde do dia 17 de agosto
Brasileira foi resgatada na tarde do dia 17 de agosto - Reprodução

A Polícia Nacional do Paraguai conseguiu prender, na manhã desta segunda-feira (4), em Hernandarias, no Alto Paraná, Joel Andrés Gaona Ferreira. Ele é um dos integrantes do grupo que sequestrou a brasileira Sandra Cristina Maceda Rubert.

Esta é a segunda fase da operação do Departamento Antissequestro da Polícia Nacional, que foi denominada Mbaracayú. De acordo com o comissário Nimio Cardozo e o procurador Alberto Torres, é decorrente da análise das ligações feitas pelos envolvidos durante os dias de cativeiro da brasileira.

Os agentes apreenderam em poder do suspeito um celular da marca Samsung, modelo J2, que estaria diretamente ligado ao crime sob investigação. Neste caso, Germán Barreto Ocampos, Hernán Barreto González, Blanca González e uma adolescente de 17 anos, já estão presos e sendo julgados. Além disso, Marcos González Flores e Pablo González Flores continuam foragidos.

O sequestro ocorreu na tarde de 14 de agosto, nas proximidades da residência de Maceda Rubert. Na época, os criminosos pediram o valor de US$ 250.000 como resgate e posteriormente reduziram para US$ 200.000. Porém, o pagamento não se concretizou e, na tarde do dia 17 de agosto, a mulher foi resgatada.

Jornal Midiamax