Polícia

Radialista da fronteira recebe panfleto com foto de rapaz jurado de morte por “Justicieiros”

Material que faz referência à próxima vítima foi jogado da cabine de uma caminhonete em rua de Pedro Juan Caballero, na fronteira com o MS

Marcos Morandi Publicado em 02/08/2021, às 12h01

Panfleto estampa rosto de rapaz ameaçado na fronteira
Panfleto estampa rosto de rapaz ameaçado na fronteira - Reprodução

O clima segue tenso em Pedro Juan Caballero, cidade do Paraguai que faz fronteira com Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul. Na manhã desta segunda-feira (2), um panfleto com a foto de um rapaz, que estaria ameaçado de morte pelo grupo denominado “Justicieiros” foi entregue na portaria da Rádio Futura.

O panfleto, segundo publicação no perfil da emissora de rádio, teria sido jogado da cabine de uma caminhonete e entregue ao cronista Rubén Valdez, e mostra o rosto do rapaz apontado como a próxima vítima do grupo.

“Este roba celular, daqui a pouco não vai mais roba", diz a frase estampada no panfleto, assinado por “J da F”, em referência aos próprios Justicieros. A polícia de Pedro Juan investiga as circunstâncias da ameaça e também a identidade da suposta próxima vítima.

Jornal Midiamax