Polícia

Quatro são presos por furtar petshop durante a noite e revender ração pelo dobro do preço

Quatro pessoas foram presas na tarde desta quarta-feira (27), após policiais civis do Dracco (Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado) descobrirem uma rede de furto e receptação de ração em um petshop localizado na Avenida Afonso Pena, na Capital. O furto era praticado durante a madrugada há quatro meses e, segundo o […]

Danielle Errobidarte Publicado em 27/01/2021, às 18h46

Na casa de um dos envolvidos, foi encontrado cocaína e veículos apreendidos. (Foto: Divulgação/ Dracco)
Na casa de um dos envolvidos, foi encontrado cocaína e veículos apreendidos. (Foto: Divulgação/ Dracco) - Na casa de um dos envolvidos, foi encontrado cocaína e veículos apreendidos. (Foto: Divulgação/ Dracco)

Quatro pessoas foram presas na tarde desta quarta-feira (27), após policiais civis do Dracco (Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado) descobrirem uma rede de furto e receptação de ração em um petshop localizado na Avenida Afonso Pena, na Capital. O furto era praticado durante a madrugada há quatro meses e, segundo o proprietário, o prejuízo pode chegar a R$ 100 mil.

Um casal foi preso e confessou o furto, e outras duas pessoas foram identificadas, com apoio do GOI (Grupo de Operações e Investigações), como sendo receptadoras. Eles furtavam o petshop periodicamente e estocavam ração para cachorro. Devido ao volume estocado pelo comércio, a quantidade não foi percebida pelos funcionários e gerência.

Um dos receptadores, descoberto durante as investigações, seria integrante de uma organização criminosa que atua dentro e fora dos presídios. Ele comercializada o estoque de ração furtada pelo dobro do preço, cerca de R$ 180 a unidade.

Na residência de um dos receptadores também foram encontrados porções de cocaína, balança de precisão, caderno de contabilidade da venda de droga, dinheiro e parte dos produtos furtados. Quatro veículos, de posse dos criminosos, foram apreendidos.

Jornal Midiamax