Polícia

Quase três toneladas de maconha são apreendidas em casa na Nova Campo Grande

A droga está avaliada em R$ 5 milhões

Diego Alves Publicado em 01/12/2021, às 21h59

Divulgação
Divulgação

Quase três toneladas de maconha foram apreendidas em uma casa na Vila Nova Campo Grande nesta quarta-feira (01), na Capital. Um casal foi preso. As apreensões e prisões foram feitas pelo Choque da Polícia Militar. A droga está avaliada em R$ 5 milhões.

De acordo com a polícia, após receber informações de que na Rua Cinquenta, no bairro, seria um depósito de droga, a polícia visualizou os dois autores saindo do endereço em um veículo Ford Ka branco.

Segundo a polícia, no momento não foi possível realizar a abordagem, porém, foi verificado que o um dos autores, de 26 anos,  desceu do veículo na Vila Eliane, momento em que foi abordado. 

Ao ser questionado sobre o local que havia acabado de sair, e, se no caso o local tratava-se de um depósito de drogas, ele disse que era a casa de sua namorada, de 21 anos, e que não tinha relação com droga, e ainda afirmou que o entorpecente era dela. Perguntado sobre a jovem, ele respondeu que ela estava no Bairro Lar do Trabalhador, pois após o deixar, foi para casa de sua mãe.

A polícia foi até a casa da mãe jovem, e, durante entrevista, ela relatou que receberia a quantia de 5 mil reais para guardar a maconha em sua residência.

Segundo a polícia, a quantidade de droga era tão grande, que dava para sentir o cheiro de fora da casa. E, pelo muro, era possível ver o entorpecente empilhado em um quarto dos fundos. Um homem, já identificado, que deixou a droga no local, ainda não foi localizado pela polícia.

Jornal Midiamax