Polícia

Quadrilha que recrutava caminhoneiros para transporte de cocaína é alvo da PF

São cumpridos 7 mandados em Mato Grosso do Sul

Thatiana Melo Publicado em 02/12/2021, às 08h29

None
(Ilustrativa)

Uma quadrilha que recrutava caminhoneiros para o transporte de cocaína por estradas vicinais da região do Pantanal, em Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande, é alvo da Polícia Federal nesta quinta-feira (2) na Operação Overload.

São cumpridos sete mandados, sendo cinco de prisão e dois de busca e apreensão, com o cumprimento de ordens judiciais de sequestro de veículos e valores existentes em nome dos alvos da operação.

As investigações tiveram início com o acompanhamento da quadrilha pelos responsáveis pela entrada da cocaína no Brasil pela cidade de Corumbá. Foi apurado que, após receber a droga de fornecedores estrangeiros, o grupo usava as estradas vicinais da região do Pantanal para levá-la até a região norte do Mato Grosso do Sul, onde era armazenada em imóveis alugados. 

Posteriormente, o grupo recrutava caminhoneiros que transportavam cargas lícitas aos grandes centros urbanos do país e escondia a droga na estrutura dos caminhões para fugir de fiscalização. Em poucos meses foram realizadas quatro apreensões de droga nos estados de São Paulo e no Mato Grosso do Sul, com a prisão em flagrante de sete pessoas e a apreensão total de cerca de 830 quilos de cocaína. 

Nome da operação

O nome da operação Overload  — sobrecarga — remete ao transporte da droga de forma dissimulada sob cargas lícitas em caminhões de grande porte.

Jornal Midiamax