Polícia

Proprietária rural é autuada por ilegal de madeira

40 palanques da espécie aroeira

Diego Alves Publicado em 04/10/2021, às 19h54

Divulgação, PMA
Divulgação, PMA

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou uma proprietária rural por exploração ilegal de madeira em Miranda, cidade a 207 quilômetros de Campo Grande.

Policiais ambientaisrealizavam fiscalização, após denúncia, na área rural do município de Bodoquena ontem (3), na região do Assentamento Sumatra, e autuou uma assentada por exploração ilegal de madeira. A equipe fez vistorias na área da propriedade e encontrou 0,68 metros cúbicos de madeira da espécie aroeira.

Aproximadamente 600 metros da sede da propriedade, os policiais localizaram 40 palanques da espécie aroeira, cuja madeira estava sendo transformada em estacas, provavelmente para cerca. A proprietária do lote informou que não possuía a licença ambiental. A infratora (20), residente no assentamento, foi autuada administrativamente e foi multada em R$ 300 pela infração.

Jornal Midiamax