Polícia

Proprietária ouve gritos e encontra idoso morto em alojamento

Idoso identificado como Otaviano Macedo Filho, de 66 anos, foi encontrado morto em um alojamento de Água Clara, distante 216 km da Capital, na manhã desta terça-feira (19). A proprietária do estabelecimento disse ter ouvido gritos vindos do quarto da vítima, e o encontrou morto sob a cama. Conforme informações do registro policial, a dona […]

Danielle Errobidarte Publicado em 19/01/2021, às 16h37 - Atualizado às 16h41

Caso foi registrado na DP de Água Clara. (Foto: Arquivo)
Caso foi registrado na DP de Água Clara. (Foto: Arquivo) - Caso foi registrado na DP de Água Clara. (Foto: Arquivo)

Idoso identificado como Otaviano Macedo Filho, de 66 anos, foi encontrado morto em um alojamento de Água Clara, distante 216 km da Capital, na manhã desta terça-feira (19). A proprietária do estabelecimento disse ter ouvido gritos vindos do quarto da vítima, e o encontrou morto sob a cama.

Conforme informações do registro policial, a dona do alojamento explicou que a vítima havia passado mal horas antes de encontrá-lo sem vida. Ela chegou a acionar a ambulância do hospital local, mas o idoso se recusou a ser atendido.

Instantes depois, ela afirmou ter ouvido gritos vindos do quarto que a vítima ocupava e, chegando ao cômodo, o encontrou já sem vida,  com as pernas fora da cama e o resto do corpo deitado. A proprietária ainda disse que ele costumava ingerir bebidas alcoólicas no local – que também funciona como um bar – , nos últimos meses, aumentou a quantidade e “diariamente estava embriagado”.

Ela ainda contou aos policiais que o idoso não se alimentava direito e não fazia refeições sólidas, além de estar descuidado com sua higiene pessoal. A vítima estava sozinha no quarto e não havia sinais de violência no corpo e nem de luta corporal no cômodo. O caso foi registrado como morte a esclarecer.

Jornal Midiamax