Polícia

Professora sai para almoço de família e desaparece em Campo Grande

A família de, Manoela Cáceres Ocampos de 34 anos, faz um apelo nas redes sociais na tentativa de encontrar a professora, que está desaparecida desde o domingo (21), quando saiu para um almoço, no bairro Guanandi e não chegou ao destino. A irmão de Manoela, Isabelly Cáceres da Silva, disse ao Jornal Midiamax, que ela […]

Thatiana Melo Publicado em 22/02/2021, às 12h21 - Atualizado às 14h10

(Reprodução)
(Reprodução) - (Reprodução)

A família de, Manoela Cáceres Ocampos de 34 anos, faz um apelo nas redes sociais na tentativa de encontrar a professora, que está desaparecida desde o domingo (21), quando saiu para um almoço, no bairro Guanandi e não chegou ao destino.

A irmão de Manoela, Isabelly Cáceres da Silva, disse ao Jornal Midiamax, que ela saiu por volta das 10 horas de sua casa no bairro Itamaracá para ir até o almoço de família no bairro Guanandi, sendo que a filha da professora teria ido na companhia de um parente e Manoela de motocicleta.

Segundo a atendente, a irmã passou uma mensagem por volta das 10 horas dizendo que já estava indo para a confraternização, mas não chegou. “Ela é muito responsável, não faltaria no serviço nesta segunda”, disse Isabelly, que ficou sabendo do sumiço da irmã, quando a sobrinha ligou por volta das 15 horas de domingo (21) perguntando sobre a mãe.

Familiares procuraram a professora em hospitais da Capital, em UPAs e até no necrotério, mas não a localizaram. A irmã ainda contou que ultimamente Manoela estava triste devido as brigas constantes com mãe. O celular da vítima está desligado e um boletim de ocorrência pelo seu desaparecimento foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento) do Cepol.

Jornal Midiamax