Polícia

Acusado de homicídio pede para ir ao banheiro e foge de delegacia na fronteira com o MS

Salvador Gómez Aquino, acusado por um homicídio e várias agressões conseguiu escapar da 6ª Delegacia de Pedro Juan Caballero, na fronteira com Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul. A fuga aconteceu na última sexta-feira (1), após ter pedido para ir ao banheiro. O suspeito aproveitou um momento de distração dos policiais, por volta de meio, […]

Marcos Morandi Publicado em 03/01/2021, às 06h05 - Atualizado às 13h45

Foragido na fronteira é acusado de homicídio. (Foto: Marcos Morandi)
Foragido na fronteira é acusado de homicídio. (Foto: Marcos Morandi) - Foragido na fronteira é acusado de homicídio. (Foto: Marcos Morandi)

Salvador Gómez Aquino, acusado por um homicídio e várias agressões conseguiu escapar da 6ª Delegacia de Pedro Juan Caballero, na fronteira com Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul. A fuga aconteceu na última sexta-feira (1), após ter pedido para ir ao banheiro.

O suspeito aproveitou um momento de distração dos policiais, por volta de meio, para escalar o muro do quartel da polícia e entrar em uma mata que fica nas proximidades. Salvador estava preso desde o dia 26 de dezembro.

Ele é acusa por homicídio praticado durante um assalto contra Alberto Villalba Villarta, segundo informações do ABC Color, no dia 20 dezembro em Pedro Juan Caballero, nas proximidades com a Linha Internacional, que faz a divisa com Ponta Porã.

Depois de deixar a cela da delegacia, Salvador escalou o muro, correu pela rua e depois entrou no pátio de uma escola e entrou na área arborizada, conseguindo despistar os policiais que estavam à sua procura. Depois disso ele não foi mais visto.

Jornal Midiamax