Polícia

Preso da Gameleira é ameaçado de morte após acusações de integrar Comando Vermelho

Enquanto passava pelas celas de um dos pavilhões, outros internos teriam gritado “vai morrer cevezinho”

Danielle Errobidarte Publicado em 26/11/2021, às 11h53

None
(Foto: Henrique Arakaki - Arquivo Midiamax)

Interno da Penitenciária Estadual Masculina de Regime Fechado da Gemeleira, de 28 anos, foi ameaçado por outros detentos, na manhã desta sexta-feira (26), após ser acusado de integrar a facção criminosa Comando Vermelho.

Conforme informações do boletim de ocorrência, o interno relatou que foi beneficiado com saída temporária de sete dias e, ao ser conduzido e passar pelo pavilhão A, teria sido hostilizado por outros presos. Segundo o interno, eles teriam gritado “vai morrer, cevezinho (sic)”, se referindo ao Comando Vermelho.

O homem ainda afirmou que desde que foi preso é ameaçado por outros detentos que acreditam que ele faça parte da facção. Contudo, ele negou as acusações e afirmou que deseja representar criminalmente contra os detentos, quando estes forem identificados. O caso foi registrado como ameaça na 6ª Delegacia de Polícia da Capital.

Jornal Midiamax