Polícia

Preso com quase 700 quilos de maconha em MS, 'casal do tráfico' abastecia usuários do Paraná

Droga foi encontrada pelos agentes da Defron, durante operação em Naviraí

Marcos Morandi Publicado em 17/08/2021, às 10h01

Residência funcionava como entreposto para abastecer paranaenses
Residência funcionava como entreposto para abastecer paranaenses

Na tarde desta segunda-feira (16), um casal de Naviraí foi preso pela Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira) com quase 700 quilos de maconha. Eles seriam os ‘responsáveis’ pela venda em grandes quantidades do entorpecente, especialmente para compradores do Paraná.

Após diversas diligências, os policiais identificaram o homem com mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas. Também foram descobertas as negociações, feitas pela sua esposa.

Segundo o delegado Rodolfo Daltro, responsável pela Defron, para tentar driblar a polícia, o 'casal do tráfico' vendia acima de 200 quilos da maconha ou skank e frequentemente trocava o imóvel onde os ilícitos eram armazenados.

Entretanto, por volta das 13h desta segunda-feira (16), os agentes identificaram a residência usada pelos dois, que fica no bairro Jardim Paraíso. Ao monitorar o local, flagrou o momento em que os dois chegaram num automóvel VW Fox.

Eles, então, foram abordados e confessaram que a casa servia como entreposto de drogas. Segundo a ocorrência, o casal contou que o imóvel foi alugado há dez dias. No local, haviam 676 quilos de maconha armazenados dentro de um banheiro.

O casal, que está junto há cerca de nove anos, foi preso em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Jornal Midiamax