Polícia

Após banho de sangue que deixou 4 mortos, político briga e é contido pela polícia

José Carlos Acevedo é tio da jovem Haylée Carolina Acevedo, de 21 anos, uma das pessoas assassinadas

Marcos Morandi Publicado em 09/10/2021, às 10h09

Intendente licenciado trocou socos com mãe de umas das vítimas logo após o crime
Intendente licenciado trocou socos com mãe de umas das vítimas logo após o crime - Via WhatsApp

O prefeito licenciado de Pedro Juan Caballero, José Carlos Acevedo, tio da jovem Haylée Carolina Acevedo, de 21 anos, se envolveu em briga com familiares de Omar Vicente Álvarez Grance, de 32 anos, também conhecido como ‘Bebeto'. Ele era, segundo a Polícia Nacional, o alvo do atentado.

A reportagem do Midiamax apurou que o intendente licenciado, que disputa o quarto mandato nas eleições de domingo (10), esteve no local do crime. José teria se alterado com a perda da sobrinha, que é filha do governador do Departamento de Amambay, Ronald Acevedo, seu irmão. Segundo informações, ele teria se revoltado inclusive com a família do rapaz, que estava no local. 

A mãe de ‘Bebeto’ teria ficado revoltada com a falta de respeito de Acevedo e ambos brigaram. A polícia precisou intervir. 

O político teria culpado um dos mortos pelo assassinato da sobrinha.

Jornal Midiamax