Polícia

Polícia investiga abuso sexual contra menina de 13 anos na fronteira de MS

Segundo informações da Justiça,  criança está grávida e pode ser vítima de abuso sistemático

Marcos Morandi Publicado em 19/11/2021, às 11h52

O suposto autor dos abusos, segundo as investigações,  pode estar ligado ao meio familiar
O suposto autor dos abusos, segundo as investigações,  pode estar ligado ao meio familiar - Reprodução/Mspbs/Gov/PY

As autoridades de Pedro Juan Caballero, na fronteira com Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, investigam se uma menina indígena de 13 anos, moradora do Bairro Santa Clara, foi vítima de abuso sexual sistemático. A reclamação foi feita através do Serviço Fono Ajuda 147.

Após serem avisadas, as autoridades paraguaias descobriram que a menina está grávida. Segundo informações da defensora da Criança e do Adolescente, Roselí Echeguren, à Rádio Monumental, ela estava começando a usar uma cinta na barriga.

Agentes do Ministério Público e da Ouvidoria da Criança e do Adolescente intervieram no caso e realizaram exames médicos na vítima, constatando que ela estava com 28 semanas de gravidez. Tudo indica que o suposto autor, segundo as investigações, é ligado ao meio familiar.

Jornal Midiamax