Polícia

Polícia fecha entreposto em Dourados com cocaína avaliada em R$ 1 milhão

Durante a operação da Defron, três pessoas foram presas

Marcos Morandi Publicado em 03/12/2021, às 05h59

Presos usavam lojas de venda de celulares como fachada
Presos usavam lojas de venda de celulares como fachada - Cido Costa

Na tarde desta quinta-feira (2), policiais da Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira) apreenderam quase 50 quilos de cocaína. A droga foi avaliada em R$ 1 milhão e estava em uma residência no Parque Alvorada, onde três pessoas foram presas.

Investigações em curso apontavam que um casal era proprietário de três lojas de venda de aparelhos celulares, que eram usadas com a finalidade de lavar dinheiro oriundo do tráfico de drogas.

Inclusive, segundo levantamentos da Defron, o homem já havia sido preso em ação da Polícia Federal traficando grande quantidade de cocaína. Quanto à mulher, de nacionalidade argentina, a ela cabia estabelecer os contatos no Paraguai com os fornecedores de cloridrato de cocaína e pasta base de cocaína.

No momento da abordagem, o esposo da detida e o outro indivíduo empreenderam fuga pulando muros. Entretanto, foram presos após ser realizado cerco policial. Dois automóveis utilizados nos crimes também foram apreendidos.

Jornal Midiamax