Polícia

Polícia apreende dois veículos abarrotados com cigarros na MS-164 e Campo Grande

Em dois locais distintos

Diego Alves Publicado em 06/05/2021, às 20h14

Reprodução
Reprodução

Dois veículos abarrotados de cigarros contrabandeados foram apreendidos nesta quinta-feira em Ponta Porã, cidade a 226 quilômetros de Campo Grande. De acordo com a polícia primeira apreensão ocorreu na MS-164 em Ponta Porã, quando a equipe da PMR (Polícia Militar Rodoviária) efetuou a abordagem a um veículo GM Prisma que efetuou uma ultrapassagem em local proibido (faixa dupla contínua).

No carro, foram localizadas diversas caixas de mercadorias de origem estrangeira (carvão para narguilé, diversos aparelhos eletrônicos, peças para computadores, pilhas, antenas) além de vários pacotes de cigarro.

De acordo com a polícia, o condutor do veículo, um cidadão de 49 anos alegou que não era o proprietário da mercadoria, apenas fazia o frete da mesma. Além da apreensão das mercadorias, os policiais militares, também constataram que o veículo estava com restrições e com pedido de busca e apreensão pelo sistema, desta forma, sendo apreendido e entregue na Delegacia de Polícia Civil de Ponta Porã. O motorista foi preso em flagrante, sendo autuado por receptação. As mercadorias serão entregues na Receita Federal de Ponta Porã.

Já a segunda apreensão de contrabando de cigarros foi efetuada pela Equipe do TOR - Tático da Polícia Militar Rodoviária, que efetuava fiscalização nas adjacências de Campo Grande/, quando avistou um veículo Chevrolet Meriva, que seguia sentido a Campo Grande, momento em que os policiais deram ordem de parada.

Porém o condutor do Meriva desobedeceu a ordem emanada pelos policiais, empreendendo fuga, adentrando no perímetro urbano. A equipe realizou o acompanhamento tático do referido veículo, localizando-o estacionado em frente a uma residência no Bairro Santa Branca. O condutor do veículo não foi encontrado. No interior do Chevrolet Meriva foram encontrados 2 mil pacotes de cigarros contrabandeados. A mercadoria será entregue na Receita Federal de Campo Grande.

Jornal Midiamax