Polícia

Piloto internacional do tráfico é preso no Paraguai, onde compraria avião

A Senad (Secretaria Nacional Antidrogas), do Paraguai, prendeu nesta quinta-feira (25) em Assunção, o mexicano Ronier Sanches Alonso, de 44 anos, piloto do tráfico internacional de drogas investigado por fazer o transporte de cocaína da América do Sul até os Estados Unidos e ilhas no Caribe. Ele era um dos criminosos estrangeiros mais procurados pelas […]

Renan Nucci Publicado em 25/03/2021, às 18h50

Piloto durante a prisão no Paraguai. Foto: Divulgação
Piloto durante a prisão no Paraguai. Foto: Divulgação - Piloto durante a prisão no Paraguai. Foto: Divulgação

A Senad (Secretaria Nacional Antidrogas), do Paraguai, prendeu nesta quinta-feira (25) em Assunção, o mexicano Ronier Sanches Alonso, de 44 anos, piloto do tráfico internacional de drogas investigado por fazer o transporte de cocaína da América do Sul até os Estados Unidos e ilhas no Caribe.

Ele era um dos criminosos estrangeiros mais procurados pelas autoridades norte-americanas, especialmente por ligação com cartéis na Colômbia e México. O piloto foi localizado na região do bairro Murucuyá, graças a uma troca de informações entre Senad, Ministério Público e o DEA (Drug Enforcement Administration), órgão dos EUA responsável pelo combate a narcotraficantes.

Ele estava foragido desde 2016, quando correu para o Brasil após pouso forçado na Venezuela. Na ocasião, estava em um jatinho particular com duas toneladas de cocaína. Ele teria chegado ao Paraguai no último dia 22 de março, desembarcando no Aeroporto Internacional Silvio Petirossi, em Assunção. O objetivo dele seria comprar uma aeronave no país vizinho, provavelmente para uso em ações do crime organizado.

Jornal Midiamax