Polícia

PF fiscaliza bares, casas noturnas e comércios durante operação contra empresas clandestinas de segurança

Ao todo, foram fiscalizados 36 estabelecimentos em Mato Grosso do Sul

Danielle Errobidarte Publicado em 26/11/2021, às 11h26

None
(Foto: Arquivo Midiamax)

A Operação Segurança Legal V, deflagrada nesta quinta-feira (25), fiscalizou 36 estabelecimentos em Mato Grosso do Sul, incluindo 26 casas e bares noturnos, oito comércios e dois frigoríficos. A operação da Polícia Federal é contra empresas clandestinas de segurança privada e ocorreu em todo território nacional.

Os policiais federais encontraram diversos serviços clandestinos funcionando nos estabelecimentos, e foram lavrados autos de encerramento das atividades irregulares, além de notificações e autos de infração aos proprietários.

A PF explica que a contratação de serviços clandestinos para segurança privada coloca em risco a integridade de quem participa e frequenta os locais, uma vez que os “seguranças” não são fiscalizados. Não é feita, por exemplo, uma checagem dos antecedentes criminais dos membros, nem cursos de formação, aptidão física ou psicológica.

Jornal Midiamax