Polícia

Paraguai quer extradição de preso suspeito de envolvimento com chacina em MS

Além de ser acusado de pistolagem, paraguaio é procurado pela Justiça por feminicídio

Marcos Morandi Publicado em 08/11/2021, às 05h22

Quadrilha foi capturada na sexta-feira. Delio é o último à direita
Quadrilha foi capturada na sexta-feira. Delio é o último à direita - Divulgação/Choque

As autoridades paraguaias já solicitaram ao Brasil a expulsão de Delio Martinez, de 22 anos, que foi preso na sexta-feira (5), em uma casa em Coronel Sapucaia, cidade de Mato Grosso do Sul que faz fronteira com Capitan Bado, no Paraguai.

Delio foi capturado junto com outros três homens. Eles são suspeitos de envolvimento em crimes de pistolagem na região, incluindo execuções recentes, como a chacina em que quatro pessoas morreram, entre elas a filha do governador do Estado de Amambay.

No Paraguai, Delio é procurado por um feminicídio e um homicídio, de acordo com o site Capitan Bado. Contra ele, também existem investigações de participação em outros crimes. Segundo informações policiais, o foragido é considerado um bandido extremamente perigoso.

Também conhecido como “Martinez”, o paraguaio estava em imóvel da Vila Industrial, em Coronel Sapucaia, no Paraguai, onde a quadrilha foi capturada durante ação do Batalhão de Choque da Polícia Militar na sexta-feira.

Jornal Midiamax