Polícia

Para fugir da PM, mulher engata ré, pula de carro em movimento, mas é atropelada pelo próprio carro

Mesmo assim, ela foi presa pela PM e levada a hospital

Marcos Tenório Publicado em 26/12/2021, às 17h06

None
Foto: Reprodução

Uma mulher foi presa e duas caminhonetes Toyota Hillux recuperadas neste domingo (26), pela Polícia Militar de Rio Negro, a 152 km de Campo Grande. Os autores estavam em alta velocidade.

Conforme o site Idest, a PM realizava patrulhamento pela Avenida Brasil, e por volta de 1h da madrugada deste domingo, depararam-se com três veículos em alta velocidade. Foi quando os militares realizaram uma perseguição, na qual os agentes deram ordem de parada aos condutores através de sinais sonoros e luminosos, sem serem atendidos.

Foi realizado acompanhamento tático, abordando um dos veículos próximo ao Leilão Rancharia. Entretanto, os outros dois veículos continuaram em fuga. No momento da abordagem, uma mulher de 28 anos engatou marcha ré e, logo em seguida, abriu a porta do motorista e se jogou para fora do veículo ainda em movimento, fazendo com que uma das rodas dianteiras passasse por cima de uma de suas pernas e impossibilitando a fuga. 

Para a polícia, a mulher relatou ser moradora de Corumbá e disse, ainda, que foi contratada para ir até Campo Grande buscar veículo. Porém, não soube informar o endereço já que não conhece o local. A suspeita informou também que receberia dois mil reais para levar a camionete até Corumbá.

No interior do veículo, foi encontrado o documento da camionete, sendo esta de Presidente Prudente, interior de São Paulo. Todavia, após checagem pelo chassi do veículo, foi constatado que o veículo teria outra placa e seria de São José de Bela Vista, também do interior de São Paulo e era produto de furto/roubo.

A suspeita foi encaminhada ao Hospital Municipal e posteriormente ao município de São Gabriel do Oeste para realização de Raio-X na região do tornozelo. Depois ela foi levada até a delegacia para prestar depoimento sobre o ocorrido.

No caminho de volta a Rio Negro a equipe policial visualizou uma camionete Hillux abandonada em meio a plantação de soja, de imediato foi realizado abordagem e constatado que o veículo se tratava de uma das camionetes que haviam empreendido fuga anteriormente. No local havia apenas o veículo, sem condutor. 

Também foi constatado através do sistema policial que a placa havia sido adulterada e que seria do município de Cravinhos (SP), também com ocorrência de furto/roubo.

Jornal Midiamax